quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Montagem da base dobsoniana



Na terceira aula do curso de montagem de telescópio o objetivo foi a montagem da base dobsoniana para o telescópio de 138 mm, segundo o projeto ( que pode ser encontrado em como montar um telescópio newtoniano

O material usado para construção:

1-Placas de madeira de 18 mm de espessura com acabamento
liso. Pode-se utilizar madeira com algum acabamento, por exemplo em pvc.
Preço estimado: R$ 50
2-Prato giratório em aço com rolamento, furação e parafusos de pvc.
Dimensão: diâmetro externo de 310mm.
Preço estimado: R$ 35
3-Feltros sintéticos, geralmente usados em pé de cadeiras com auto adesivo. (para cobrir as cabeças de parafusos onde o espelho se apoiará)
Preço estimado: R$ 10
4-Parafusos em quantidade e tamanhos apropriados para fixar as placas de madeira.
Trabalhamos diretamente na oficina, não tivemos aula teorica neste dia.
Eu particularmente optei pela construção da base a partir material descartado, consegui um bebedouro inservível e comecei a minha construção, futuramente mostrarei aqui minha base finalizada.


quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Noites Galileanas

Noite Galileana no INPE – nesta sexta 23/1020/10/2009

Em 22, 23 e 24 de outubro, estarão sendo comemoradas internacionalmente as Noites Galileanas, mais um evento global do Ano Internacional da Astronomia . Este programa visa oferecer ao público de todo o mundo a oportunidade de observar os mesmos corpos celestes vistos em 1609 por Galileu através de sua luneta, e descritos em 1610 em sua obra pioneira, “O Mensageiro das Estrelas” (Sidereus Nuncius).
O INPE realiza a Noite Galileana no dia 23 de outubro (sexta-feira), a partir das 19h em evento aberto ao público. Não há necessidade de inscrições.
O programa da noite começa com a palestra "A Obra de Galileu Galilei e o nascimento da Astronomia moderna". Em seguida, haverá uma sessão de observação do céu com telescópios, binóculos e a olho nu (se o céu estiver encoberto, esta atividade será cancelada). O programa se concentrará na observação da Lua e do planeta Júpiter e seus quatro satélites principais; porém outros objetos descritos por Galileu em 1610, como as Plêiades e a Nebulosa de Orion, poderão também ser visualizados.
A Noite Galileana terminará com uma gincana, sorteio de brindes e distribuição de material impresso.Confira a programação do evento e participe!
19h
A equipe da Divisão de Astrofísica recebe e interage com os participantes, que desde o início poderão visitar a exposição "Paisagens Cósmicas".
19h30min
A palestra “A obra de Galileu Galilei e o nascimento da Astronomia moderna” tem o seguinte resumo:A obra de Galileu Galilei pode ser considerada como um divisor de águas na história da ciência.
20h às 22h
*Observação do céu - principalmente da Lua e de Júpiter, dois dos astros que Galileu observou e que obteve informações revolucionárias.
* Filme de "De Olho no Céu” – filme oficial da União Astronômica Internacional, narra o desenvolvimento dos telescópios desde a época de Galileu e o conseqüente avanço da astronomia e do conhecimento do Universo.
* Exposição “Paisagens Cósmicas” – painéis com imagens astronômicas de grandes telescópios, retratando os diversos objetos cósmicos, desde os planetas até as galáxias mais distantes do Universo.
* Painel “Universo em Evolução” – ilustra as várias etapas da evolução do Universo: fase inicial de luz e partículas; formação dos astros e dos átomos e moléculas; evolução da vida na Terra; a Humanidade; e o futuro.
* Centro de Visitantes do INPE mostra as atividades das várias áreas de atuação do INPE.
* Gincana e atividades didáticas com distribuídos prêmios e brindes.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Calculando a distância focal de um espelho primário

Esta foi 2ª aula (uma parte dela) de construção de telescópio. A proposta desta aula é entender os princípios ópticos do telescópio (poder de acumular luz, poder de resolução e poder de aumento), partindo da comparação com o olho humano, gostei bastante da idéia do Prof. Eder de criar um telescópio de bancada, o que uniria o conhecimento da Física com prática da Astronomia.
O objetivo desse vídeo e fazer um registro documental da 2ª aula do curso de montagem de Telescópio, que acontece em São José dos Campos em comemoração do Ano Internacional da Astronomia.

sábado, 3 de outubro de 2009

CONSTRUÇÃO TELESCÓPIO -Turma do SESC

Está é a turma do SESC que construiu um telescópio com a mesma características do que irei construir. Projeto do Eder -pesquisador do INPE, que aparece falando sobre o projeto sobre a facilidade da construção e capacidade de observação com o equipamento.

Construindo um telescópio de 135 mm, parte II.

Construindo um Telescópio, Parte II


Hoje, foi a primeira aula do curso de Construção de Telescópio no INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

O Curso foi idealizado e proposto pelo pesquisador da divisão de Astrofísica do INPE - Eder Martioli. A apresentação ficou por conta do Dr. André Milone.


Como já é de praxe o atendimento por parte do pessoal do INPE é fora de série, não conhecia o Eder, mas como todos que conheço no Instituto, ele foi super cortes e interessado em fazer o melhor com (e para) o grupo. Hoje tivemos uma introdução teórica (histórico da construção de telescópios), visita ao mini observatório e ao espaço de construção dos telescópios, conduzidas pelo Eder.






No Mini Observatório do INPE observamos um modelo construído pela turma do SESC, também orientada pelo Prof. Eder.
Ficou acertado na aula, concentrar no Bira (participante da turma) as negociações da compra Lente (espelho) e tubo de PVC. Como eu já tenho o tubo, entro com o grupo na compra das lentes ( isso se o Sérgio da OPTOVAC) não me responder antes.
Foi muito interessante conhecer (ver e tocar) um telescópio semelhante ao que iremos construir. Deu para sentir o peso das peças, como o telescópio gira sobre o eixo da base Dobsoniana, o tipo de ocular utilizada, enfim, ter uma visão geral (teoricamente) do que pode ser melhor adaptado e etc. valeu muito a pena o primeiro dia do curso.