domingo, 19 de dezembro de 2010

Mestrado Profissional em Ensino de Ciências - UNIFEI

Encontram-se abertas de 06/12/2010 à 18/01/2011 as inscrições para o processo seletivo do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências da Universidade Federal de Itajubá.

Este curso presencial foi aprovado pela CAPES em 2010, e tem como principal finalidade a formação, em nível de mestrado profissional, de professores nas áreas de Física,

Química, Ciências Biológicas e Matemática ou outras afins.

O curso conta com a participação de pesquisadores atuantes em duas linhas de pesquisa:

1)Ensino e aprendizagem no Ensino de Ciências

2)Tecnologias da informação e comunicação no Ensino de Ciências.

Maiores informações no site:

http://www.unifei.edu.br/pos-graduacao/ensino-ciencias

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Curso de Evolução Estelar no Observatório Nacional

A Divisão de Atividades Educacionais do Observatório Nacional tem o
prazer de convidar a todos a participarem do novo curso a distância/2011:

                            EVOLUÇÃO ESTELAR

O curso é inteiramente grátis. Nenhuma taxa é cobrada aos
participantes. O material produzido, disponibilizado no site do
Observatório Nacional pode ser copiado (donwload) e impresso, desde
que não seja publicado em outros meios de divulgação sem a nossa
previa autorização.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no endereço eletrônico:
http://www.on.br/site_edu_dist_2011/site/index_ee.html

IMPORTANTE: Antes de iniciar o curso não deixe de ler com atenção as
INFORMAÇÕES GERAIS.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Orientação Montagem de Telescópio


No Sábado passado (20/11) reunimos na oficina pedagógica alunos e professores para mais uma etapa do projeto de  clube de ciências na escola, nesta etapa montamos e desmontamos o modelo de telescópio que foi enviado para as escolas de Ensino Médio e Fundamental da Diretoria de Ensino - Pindamonhangaba. A etapa de montagem do telescópio antecede a visita à escola e tem por objetivo deixar  professores e alunos mais a vontade com  uso do equipamento e demonstrar procedimento de colimação, alinhamento da buscadora e como mirar de forma eficiente um telescópio.

Aproveitamos bem a manhã ensolarada para conversar sobre a localização dos pontos cardeias e seus correspondentes celestes.


Também aprofundamos um pouco a utilização do software Stellarium e discutimos um modelo explicativo para as fases da lua (baseado no artigo: As fases da lua em uma caixa de papelão).




quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Visitando o Planetário do Ibirapuera.


Escola de Astronomia e Astrofísica do Parque do Ibirapuera
Uma boa dica para estimular o interesse pela astronomia é uma visita a um planetário.
Vista lateral do Planetário do Ibirapuera
Planetários são espaços de projeção de imagens, protegidos das intempéries do clima, que buscam reproduzir o céu noturno através da projeção de imagens de estrelas, planetas, constelações e outros objetos celestes em uma cúpula esférica (calota esférica) que simula a sensação de profundidade que temos ao olhar para o céu.
No dia 11 de novembro passado, com professores e alunos da Diretoria de Ensino de Pindamonhangaba, participantes do Projeto Clube de Ciências - Astronomia, estivemos presente a sessão de exibição do Planetário do Ibirapuera em São Paulo - Planetário Dr. Aristóteles Orsini.


Esperando a sessão começar
Para quem está muito distante de São Paulo existe

uma lista de Planetários e locais interessantes para
 quem busca atividades ligadas a astronomia no site da Olimpíada Brasileira de Astronomia.
Você também pode encontrar no endereço : http://www.dragaodomar.org.br/planetario/planetarios_br.htm uma lista de alguns planetários fixos existentes no Brasil.
Dica: Para quem for visitar o Planetário do Ibirapuera é bastante interessante agendar também no mesmo dia uma visita ao Museu Afro Brasil que fica bem ao lado do Planetário,  menos de 3 minutos a pé, e é de entrada gratuita .  Reserve  mais ou menos 1hora e meia para a visita no Museu Afro Brasil.
Parte da turma reunida e eu como fotógrafo...rs

Na sala de projeção

Porque a Astronomia é Importante?





Muito interessante! O site português "1 Minuto de Astronomia" produção da Sociedade Portuguesa de Astronomia, é um canal de vídeo disponível na Internet que trata de vários assuntos ligados a divulgação da cultura astronômica. Para conhecer um pouco mais do "1minutoastronomia" acesse: http://www.1minutoastronomia.org/

Astronomia em São Bento do Sapucaí

Faz tempo que estou devendo esse post a professora Alini da Escola Génesio Cândido Pereira. Eis nossa visita do meio do ano.
Depois de uma breve palestra a respeito de como fazer observações astronômicas, realizamos a montagem do telescópio da escola e apresentamos elementos de construção de um telescópio refletor.
Depois fomos conhecer, na parte superior da escola, o Terraço, onde fizemos observações utilizando o telescópio da Escola e o meu Newtoniano.
Parabéns aos alunos e a professora Aline pela participação na Olimpíada Brasileira de Astronomia e os trabalhos de divulgação de Astronomia feitos na escola.





Um abraço a todos!

domingo, 31 de outubro de 2010

Primeira viagem do projeto Clube de Astronomia DER Pindamonhangaba


No dia 28 de Outubro realizamos a primeira viagem do grupo de Professores e Alunos do projeto Clube de ciências - Astronomia nas Escolas, nosso objetivo é incentivar o uso de telescópios nas escolas  e a incrementação das aulas de Ciência e Física atraves do estudo da Astronomia em seus mais diversos aspectos.
Nesta primeira atividade realizamos uma visita ao INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, fomos ao Mini Observatório e participamos da palestra:  "O Sol tem variado o suficiente?" com o  Dr. Joaquim E.R. Costa, durante a palestra professores e alunos poderam aprender muitas coisas novas e interessantes sobre a formação do Sol, a sua importância na vida da Terra e as implicações das emissões de jatos de matéria e excessos de radiação que são conseqüências de explosões intensas de sua superfície.
No Mini Observatório além de conhecer o software Stellarium, alunos e professores poderam observar a Nebulosa da Borboleta e o planeta Júpiter e tiveram valiosas informações sobre como manejar uma carta celeste e localizar constelações no céu.
Nesta primeira atividade conseguimos reunir 14 professores e 24 alunos, de dez escolas diferentes pertencentes a Diretoria de Ensino - Região Pindamonhangaba. Valeu! Obrigado a todos, principalmente a equipe do INPE.




quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Orientação para professores Física Moderna

Acabei de voltar de uma orientação técnica para professores, versando sobre Física Moderna.
Primeiramente obrigado ao pessoal da USP do Instituto de Física, LAPEF e NUPIC que nos receberam tão bem e um grande abraço aos amigos PCOP ( a turma realmente está cada vez melhor)
Vamos as dicas:
A primeira delas é o livro "Como ensinar Física ao seu cachorro", um livro de divulgação cientifica que trata do tema Física Moderna, reproduzindo as conversas imaginarias de um professor universitário de Física Moderna e sua cadela Emmy. Vale a pena conferir!
P.S. João, realmente encontrei o livro na sessão de Animais de estimação....rs
Para os professores que estiveram presentes na orientação técnica aqui vai a atividade "Jogo Discreto" que apresentei rapidamente e que pode ser utilizada como introdução de situações que aprendizagem que tratem da explicação do que é um fenômeno quântico ou introdução ao estudo das transições do elétron em átomos de hidrogênio segundo Bohr.
Um outro lugar interessante para se visitar na USP é o Laboratório de Física Nuclear onde está o Pelletron; um acelerador de partículas linear, que pode ajudar a professores e alunos entenderem os princípios básicos da Física de colisão de partículas. Para entrar en contato:
Fone: 55-11-3091 7100
Fax: 55-11-3091 7078
email: seclinac@dfn.if.usp.br
E a última dica de hoje é que está disponível para professores no site do NUPIC uma série de sequências didáticas que tratam do contéudo Radiações. Existe também na USP o Grupo de Trabalho IFUSP-ESCOLA, que tem como objetivo compartilhar experiências e promover atividades de atualização para professores, para participar do grupo ou receber noticias envie um email para ccultex@if.usp.br ou vera@if.usp.br coloque no assunto: GRUPO DE TRABALHO IFUSP-ESCOLA.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Astronomia para professores e alunos



Navegando na internet podemos encontrar  um dos maiores acervos na web para o ensino da astronomia: o projeto Sloan Digital Sky Survey (SDSS – sigla em inglês para 'Levantamento Digital do Céu Sloan'). Iniciativa tem como objetivo, simplesmente, mapear todo o universo.
A página é tão rica que existe um espaço especial para professores de ensino médio, com um grande número de imagens e informações pra lá de interessantes. Tem de tudo por lá, embora o portal seja originalmente em inglês é possível encotrar muito conteúdo em português: lugares famosos no céu, milhares de imagens, projetos para serem ministrados em sala de aula, entre outras dezenas de ferramentas.

domingo, 10 de outubro de 2010

Foguete de Garrafa PET e Ar comprimido.



A muito tempo devia essa publicação ao professor Clovis e alunos da EE "Prof. João Martins de Almeida".
Lançamento de um foguete de garrafa PET com propulsão de Ar comprimido.
Os alunos realizaram essa atividade animados com os colegas que participavam da OBA - Olimpíada Brasileira de Astronomia, para quem quiser também realizar projeto de construção de foguetes com alunos um bom começo é baixar o roteiro de construção clicando aqui  em construindo um foguete de ar comprimido ou fazer uma visita ao site da OBA e buscar na página por atividades práticas.
Neste mesmo dia a noite participei  no " João Martins" de uma Observação do Céu com os alunos do Ensino Médio e os professores Galvão e Tarcisio.






quinta-feira, 7 de outubro de 2010

A importância da educação e da cultura - Lenine

Abrindo um espaço na publicação de dicas diretamente ligadas a astronomia, hoje vou falar um pouco da importância da educação e da cultura ( e do professor) independente da carreira que se escolha.
Sou fã do compositor, músico e cantor Lenine, que em programas de televisão já citou por várias vezes a importância da Educação escolar e de seus professores na sua formação pessoal.
Lenine, por influência desses professores chegou a cursar 3 anos de engenharia química e é apaixonado por botânica ( cultiva orquídeas), agora o mais interessante é perceber que Lenine em suas composições coloca esses conhecimentos de forma sublime a serviço da tradução de seus sentimentos e desejo.
Pra mim estão aí os principais pontos positivos da educação:
1- A capacidade de inspirar pessoas que o professor deve ter por seus atos e jeito de ver a vida;
2- A importância da educação na construção da comunicação. A educação deve servir para "tirar" de dentro, traduzir em palavras, expressões matemáticas, música, pintura e tudo mais o nosso jeito de ver o mundo e comunicar aos outros.
3-Ajudar a entender a grandeza da vida que nos cerca, o milagre de se estar vivo e contemplar a natureza e o universo ao nosso redor.
Na música Tubi Tupy, Lenine brinca com conceitos químicos e cosmológicos, em rimas como " Eu sou feito do resto de estrelas: Como o corvo, o carvalho, o carvão..." e uma frase poética resume toda a química orgânica e teoria da criação do universo e vida.

-C-C-C-

Pense nisso!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

O céu da semana - dica para observação

O Céu da Semana

O Laboratório Aberto de Interatividade da Universidade Federal de São Carlos (LAbI) está produzindo um videocast de Astronomia chamado "O Céu da Semana". Os episódios são publicados no Youtube todas as terças feiras no canal http://www.youtube.com/user/labiufscar . Assista, acompanhe e divulgue!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

XI -Encontro Regional de Ensino de Astronomia


O XI Encontro Regional de Ensino de Astronomia (EREA) consiste em um evento programado para ocorrer entre 21 e 23/10/2010 numa parceria da UFSCar com Instituto de Física de São Carlos (USP) e o Setor de Astronomia do Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) da USP onde serão realizadas palestras, oficinas, mesa redonda e sessões de observação do céu que visam a melhoria do ensino de Astronomia e a sistematização da produção na área.
Maiores informações podem ser obtidas no site: http://www.erea.ufscar.br/xierea/XI_EREA/erea.html

Vários EREAS já foram organizados e outros programados nas seguintes cidades e datas:

1)Foz do Iguaçu (PR), de 16 a 19 de setembro de 2009
2)Bauru (SP), de 24 a 30 de outubro de 2009
3)Sobral (CE), de 19 a 21 de novembro de 2009
4)Porto Alegre (RS), de 24 a 26 de março de 2010
5)Iepê (SP), de 21 a 24 de abril de 2010
6)Limoeiro do Norte (CE), de 16 a 19 de junho de 2010.
7)Caucáia, CE, de 18 a 21 de agosto de 2010.
8)Foz do Iguaçu, PR, de 21 a 25 de setembro de 2010
9)Toledo, PR, de 6 a 9 de outubro de 2010
10)Campo Grande, MS, de 13 a 16 de outubro de 2010
11)São Carlos, SP, de 20 a 23 de outubro de 2010
12)Recife, PE, de 10 a 12 de novembro de 2010.
13)São Paulo, SP, de 21 a 24 de abril de 2011.

sábado, 2 de outubro de 2010

Link para Videoconferência de Astronomia



Para assistir a Videoconferência destinada aos Professores Coordenadores de Física da rede estadual clique aqui em: videoconferência astronomia.
Espero que possa ajudar um pouco a professores da rede estadual de São Paulo na compra e implantação de trabalhos de astronomia nas escolas.

Um abraço a todos!

Céu de outubro - Um filme para quem deseja se inspirar.


Agora que outubro começou que tal um filme para se inspirar e buscar os seus sonhos?
Se sua resposta é sim, céu de outubro com certeza é o filme indicado, neste filme baseado em fatos reais um jovem de uma cidadezinha de mineradores do estados unidos, mais um grupo de amigos se inspira em uma aula a respeito do satelite sputinik e passa a se interessar por astronaútica. Contrariando a muitos que acreditavam que o sonho de construir foquetes estava muito além de suas capacidades o filme mostra que obstinação e coragem podem sim mudar a vida das pessoas.
Um bom filme, uma boa história. Eu recomendo!

Ficha técnica:

País de Origem: EUA
Título Original: October Sky
Ano: 1999
Duração: 103 min
Diretor: Joe Johnston
Elenco: Jake Gyllenhaal, Chris Cooper, Chris Owen, William Lee Scott, Chad Lindberg, Laura Dern, Natalie Canerday

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Construindo um refrator 80mm









Estou construindo um refrator de 80mm.
Custos: lente R$ 164,00;
uma folha de papel camurça R$0,60;
tinta preta (fosca) R$ 20,00;
uma folha de lixa d'água R$ 1,00;
barra roscada, papelão, porcas e parafusos R$ 0,00 ( sobra de um outro projeto);
um metro de Cano de pvc 75 mm R$ 6,00
uma conexão de pvc 75mm (sobra de outro projeto)
resto de madeira (sobra de madeira, sem custo)
Custo total da montagem: R$ 191,60
Horas de trabalho: 4h , ferramentas: serra, furadeira.
Falta construir a base para colocação de Telescópio ( ainda não me decidi pelo modelo)

P.S: O focalizador é um sobrevivente de um telescópio bem ruim (praticamente de brinquedo), resolvi dar um final digno para o focalizador aproveitando-o para o 80mm.

Neste projeto optei por criar uma estrutura em barra roscada para os Baffles, que foram feitos com papelão pintado de preto, vocês podem ver a estrutura ao lado do tubo.

Para escurecer a parte interna do tubo utilizei papel camurça preto ( ótimo resultadado).

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Tudo pronto para primeira observação. Colaboração entre ATM


Como já comentei anteriormente a comunidade de astronômos amadores é bastante colaborativa, a foto acima é de um companheiro que postou no cosmofórum todo o projeto de construção do seu Newtoniano de 180 mm, quem se interessar é só dar uma olhadinha clicando aqui em: projeto newtoniano de 180 mm.

sábado, 25 de setembro de 2010

Novamente Primavera

Já estamos novamente na Primavera.
Primavera quer dizer primeiro verão ou que vem antes do verão.
O jornal Bom dia Rio de Janeiro, fez uma material muito esclarecedora a respeito do horário de início da primavera, para ver a matéria clique em: o início da primavera
O início da primavera e marcado aqui no hemisfério Sul pelo equinócio de Setembro, ocasião que o dia e a noite tem o mesmo período de duração, 12 horas de dia e 12 horas de noite.
Viva a estação da flores!!!

Ribeirão Preto olhando para o céu


Escola Cândido Portinari da Diretoria de Ensino - Região Ribeirão Preto, vem se tornando referência na divulgação da astronomia na região, promovendo encontros e noites de observação.
Para saber um pouco mais dê um pulo até a página da escola clicando em: EE Cândido Portinari - Batatais -SP

Parabéns, aos alunos, professores e toda a equipe da escola!!!


sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Videoconferência de Astronomia 28/09/2010

Apresentação sobre primeiros passos para realização de atividades de observação astronômica em escolas.

Essa apresentação será a base da minha fala na Videoconferência da Secretaria da Educação de São Paulo que tratará do tema com professores de Física.
Para copiar os ppt da VC de astronomia da SEESP
clique na imagem

domingo, 22 de agosto de 2010

Apostila de como montar um telescópio refletor

Como montar um telescópio refletor de modo simples e prático.
Uma apostila confeccionada pelo astronômo Eder Martioli

Click no Link : Montagem de um telescópio refletor

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Observatório astronômico do Inpe abre inscrição a escolas para observações presenciais e remotas

Da Agência Fapesp

O Miniobservatório Astronômico do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) abriu inscrições para o agendamento de observações presenciais e remotas para o segundo semestre de 2010.

Voltadas a estudantes brasileiros de todos os níveis, essas atividades fazem parte do projeto Telescópios na Escola (TnE) coordenado pelo IAG (Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas) da USP (Universidade de São Paulo) e conduzido com outras instituições.

Nas sessões remotas as visualizações do céu noturno são feitas nas próprias escolas, por meio da internet. Um sistema computacional permite o direcionamento do telescópio às áreas do céu de interesse dos observadores, que ainda podem captar as imagens digitais dos corpos celestes como se estivessem ao lado do equipamento do Inpe, em São José dos Campos.

Para operar o sistema não é necessário conhecimento avançado de astronomia ou informática. Projetado de maneira didática, o programa apresenta um céu virtual que mostra as áreas a serem escolhidas para observação.

As sessões a distância serão realizadas nos meses de agosto e setembro, sempre às quintas-feiras, das 19h30 às 21h30, e contam com o acompanhamento de um pesquisador ou pós-graduando do Inpe na área de astrofísica.

Para as observações presenciais, os grupos escolares devem ter no máximo 20 pessoas. As sessões serão às quartas-feiras, das 19h às 21h, também nos meses de agosto e setembro. A visita terá o acompanhamento de um pesquisador em astrofísica do Inpe que ministrará uma palestra sobre um tema da astronomia.

Para o mês de outubro estão programadas sessões diurnas de observação do Sol. Serão às quartas-feiras, das 14h às 15h.

Mais informações: http://www.das.inpe.br/miniobservatorio e www.telescopiosnaescola.pro.br.

As inscrições para as observações presenciais poderão ser feitas pelo telefone (12) 3208-7200.

As observações remotas devem ser agendadas pelo formulário eletrônico: www.das.inpe.br/miniobservatorio/obsremotas

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Como fazer uma ocular para telescópio a baixo custo











Estou iniciando um projeto de montagem de uma luneta a baixo custo, mas que tenha uma qualidade ao menos razoável destinada a alunos e professores interessados em práticas de observação. Para realizar essa atividade inspirei-me no modelo desenvolvido pelo Sr. Lionel, do Observatório didático de Bauru e a partir do texto "Utilização de lunetas para o ensino de ciências", de Tamires Michelle Gallo, Rosa Maria Fernandes Scalvi, Marcelo Gomes Bacha, Anderson Alexandre Andriatto.
Fiz uma opção pela construção da ocular destacável do conjunto para que tenha a possibilidade de utilizá-la e em vários instrumentos ou simplesmente removê-la e trocá-la por outra de grau de aumento diferente.










Figura (1)

O projeto completo pode ser construído a partir de materiais simples e tem um custo aproximado de r$ 13,00 ( contra o custo de R$ 89,00 de uma ocular comercial), o foco total será de aproximadamente 28 mm.










Material
3 Lupas de 40mm de diâmetro
1 Luva para cano de PVC de 40mm
3 Anéis de vedação de borracha de 40mm
1 pedaço de 2cm de cano de PVC de 32mm
1 bucha de redução de 40mm para 32mm
1 pedaço de 8 cm de cano de PVC de 32mm

Modo de Fazer
1- Cuidadosamente retire o cabo e circunferência que dá suporte a lente na lupa, procure compra uma lupa de lente de vidro e cabo plástico isso fará mais fácil a retirada a lente o preço de um a lupa de 40mm é bem barato (em torno de R$ 2,00)
2- Para colocar as lentes dentro da Luva de 40mm com os espaçamentos necessário, primeiramente é preciso ter um pedaço de cano 32 mm de diâmetro e 2 cm de comprimento, que servirá de separador das lentes (distância maior).
3- Para que o cano de 32 mm não fique solto dentro da luva, cortei com uma serra aproximadamente 0,5 cm da bucha de redução de 40mm para 32mm e colei em uma das extremidade do cano de 32 mm o que fez com que ele entrasse de forma justa da luva. O outro pedaço da bucha de redução servirá para segurar a lente da parte debaixo e encaixe do cano que entra no buraco da ocular.
4- Para separar as duas lentes (menor distância), use um anel de vedação de borracha.
5- Clicando na figura (1), você verá o esquema simplificado para a construção da ocular.

Hoje testei a ocular em meu telescópio Newtoniano, funciona de modo bastante razoável para um ocular de apenas R$ 13,00, com um bom e agradável campo de visão.
O próximo passo será pintá-la de preto para melhorar um pouco o contraste e evitar reflexos no interior.

sábado, 15 de maio de 2010

Observação astronômica na escola Eloyna











A Escola Estadual Profª. Eloyna Salgado Ribeiro, realizou nesta quinta-feira, dia 13 de maio 2010, a 1ª Noite da Astronomia com 40 alunos de 3ª e 4ª séries do ensino fundamental, participei do evento ministranda uma aula teórica e conduzindo a prática de observação com uso de telescópio e a olho nu.

Parabéns ao professores, alunos e a direção da escola, foi muito bom participar com vocês da observação, neste evento foi também acompanhado e auxiliado pelas colegas da oficina pedagógica: Profª Arlete - Coordenadora de geografia, Profª Márcia - Coordenadora de História e Profªs Ângela e Rosi - Coordenadoras do Ciclo I, obrigado pela presença e apoio.




Os alunos da EE Profª. Eloyna participarão da OBA - Olimpíada Brasileira de Astronomia 2010, aproveitamos a noite para fazer a atividade prática da competição com o reconhecimento de algumas estrelas: Rigel, Hadar, alfa do Centauro entre outras, fizemos também o reconhecimento no céu das constelações do Cruzeiro do Sul e Órion. Graças a atividades como estas que os alunos podem de uma forma diferente da usual adquirem maiores conhecimentos em Física, Óptica, História, Geografia, bem como da própria Astronomia.A "Noite" teve cobertura do Jornal da Cidade, nas bancas e também na versão "on line".